Sexta, 27 de Novembro de 2020 17:09
99 98829 4291
Política Nepotismo

Avô, Tia e Sogro de Gabriel Tenório recebiam da Prefeitura de Matões quando ele era secretário municipal.

O pré-candidato praticou nepotismo direto e cruzado e beneficiou parentes e agregados de sua família durante sua passagem como secretário no governo de Suely Pereira.

08/05/2020 10h28 Atualizada há 7 meses
Por: Redação Maranhão em Pauta Fonte: Maranhão em Pauta
Avô, Tia e Sogro de Gabriel Tenório recebiam da Prefeitura de Matões quando ele era secretário municipal.

Documentos públicos que o Blog do Ribinha teve acesso revelam que o candidato a prefeito de Matões, no Maranhão, Gabriel Valeriano Sabino Tenório usou da prática ilegal de nepotismo em sua gestão na Secretaria da Educação na Prefeitura de Matões durante a gestão de Suely Pereira, até ontem sua adversária política e hoje aliada de primeira hora. Os documentos revelam que o pré-candidato do PP, não só empregou seus parentes de primeiro, segundo, terceiro graus e agregados como também participou de nepotismo cruzado, quando políticos nomeiam parentes uns dos outros para se beneficiarem do dinheiro público.

O blog teve acesso a mais de 25 nomeações que de uma forma ou de outra caracterizam a prática de nepotismo direto por Gabriel Tenório, por isso, o blog deverá abrir espaços para a divulgação de mais nomes em outras reportagens.

Como exemplo de nepotismo direto praticado por Gabriel Tenório está o emprego de Maysa Sabino Tenório, sua tia que recebia como servidora da Educação. Seu sogro Sebastião Leal Braga é outro agregado de Gabriel que recebia na secretaria da Educação sob sua gestão.

Mas o exemplo mais evidente e até de certa forma estarrecedor é o do avô de Gabriel Tenório, Claudir Aranda Valeriano que na época tinha 75 anos de idade e recebia contracheque pelo gabinete da Secretaria da Saúde, segundo consta documentação pública acessada pelo blogdoribinha.

O mais estranho dessas nomeações de Gabriel Tenório é que seus parentes e nomeados tinham endereços a quilômetros de distância da cidade de Matões, como por exemplo Palmeira dos Índios, em Alagoas, e outras cidades naquele Estado.

Na esteira do nepotismo direto e cruzado, sua aliada da época e de hoje, a prefeita Suely Pereira não ficou a desejar nas nomeações de parentes. Os documentos nessa primeira reportagem do blog irão revelar que a prefeita nomeou para cargo de assistente em seu gabinete Vera Sonia Pereira Moura, sua madrasta, e seu sobrinho João Ricardo Pereira Sobrinho que recebia na Secretaria da Saúde. Mas não são somente essas nomeações que estão no currículo da ex-prefeita como nomeações supostamente ilegais. O blog teve acesso uma grande novidade que pouca gente na cidade sabia que o marido de Suely Pereira, Rubens Pereira, recebia na Prefeitura de Matões como secretário municipal. Você sabia¿

“Uma nova história para Matões”. É isso que diz o novo tema de campanha do candidato Gabriel Tenório para a cidade, mas ao se aprofundar nas investigações e apurar suas práticas como gestor em sua primeira oportunidade de exercício de cargo público, aliadas à decisão de se juntar novamente no presente com Suely Pereira, ex-prefeita para a disputa em 2020, pode estar aqui a demonstração de que com a prática danosa aos cofres de Matões o futuro dos milhares de moradores pode ser incerto.

Empregar parentes

O nepotismo é a prática ilegal de favorecer parentes com cargos dentro da administração pública.

Quando um agente público nomeia um familiar de até terceiro grau de parentesco considera-se um ato de nepotismo direto. Quando políticos nomeiam parentes uns dos outros para se beneficiarem ocorre o que se chama de nepotismo cruzado.

Em 2008 o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou a 13º Súmula Vinculante da Corte que considera uma violação à Constituição Federal a prática de nepotismo direto e cruzado.

Em 2010, um decreto de lei do governo Lula deu maior padronização às ações que configuravam nepotismo, bem como suas exceções. O Decreto nº 7.203 reforçou e ampliou as proibições para nomeações de cargos públicos e definiu a Controladoria Geral da União como órgão responsável para notificar os casos referentes a questão.

A prática ilegal de nepotismo, assim como as demais práticas nocivas ao erário público, enseja a abertura de procedimentos investigatórios pelo Ministério Público e esse deve ser o caminho do parquet diante dessa divulgação.

Veja abaixo as fotos dos contracheques dessas nomeações citada na matéria:

Matões - MA

Matões - Maranhão

Sobre o município
Matões é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada em 2004 era de 27.005 habitantes. A cidade, antigo distrito, vila (1835) e município com a denominação São José dos Matões (mais tarde somente Matões), passou a denominar-se Parnarama a partir de 28 de julho de 1947 e foi rebaixado para distrito. Em 30 de dezembro de 1952 Matões foi elevado novamente à categoria de município.
Matões - MA
Atualizado às 16h50 - Fonte: Climatempo
34°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 34°

34° Sensação
7.7 km/h Vento
34% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (28/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol e Chuva
Domingo (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol e Chuva
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias