Adsense acima abaixo política = Residencial Alto do Bacuri
Fadinha Campeã

Fadinha do Skate é campeã da etapa de Los Angeles da SLS 2019

Com a vitória, Rayssa Leal se tornou a mais jovem atleta a conseguir ganhar o SLS.

30/07/2019 07h02
Por: Redação Maranhão em Pauta
Fonte: Maranhão em Pauta
842

LOS ANGELES - A maranhense Rayssa Leal, conhecida como a Fadinha do Skate, de apenas 11 anos, realizou nesse domingo (28) um feito histórico para o skate brasileiro e maranhense ao conquistar pela primeira vez uma etapa da SLS (Mundial de Skate Street). Com a vitória, Rayssa Leal se tronou a mais jovem atleta a conseguir ganhar o SLS.

Para completar a festa da torcida brasileira, a paulista Pâmela Rosa ficou em segundo lugar na competição. Outra brasileira de peso na disputa foi Letícia Bufoni, tetracampeã mundial. Ela terminou a final em sexto. A etapa americana conta pontos para o ranking olímpico.

Essa foi apenas a terceira vez em que Rayssa Leal disputou uma etapa no maior campeonato do mundo de skate. Na grande final, disputadíssima até a última manobra, a Fadinha do Skate acertou todas as suas cinco tentativas de manobras (4.8 / 5.4 / 7.0 / 6.1 / 4.7).

Rayssa Leal ofereceu o troféu ao seu irmão. "Nossa, tô sem palavras de poder na minha terceira Street League estar no pódio com as minhas amigas que eu me inspiro muito. Pra mim, tô sem palavras. Esse troféu foi para o meu irmão", disse a Fadinha do Skate após a conquista.

Final masculina

Giovanni Vianna foi o melhor brasileiro na decisão, finalizando em quarto lugar, com 32.6 pontos. O skatista, que entrou no evento via wild card, iniciou as disputas ainda nas eliminatórias globais, passando por três fases classificatórias até chegar à final.

Carlos Ribeiro ficou com a quinta posição, somando 29.7 pontos. Kelvin Hoefler fechou a presença do Brasil com a sétima colocação, 26.1 pontos.

Para o masculino, o domingo (28) também foi dia de semifinal. Carlos Ribeiro, Kelvin Hoefler e Giovanni Vianna avançaram com o terceiro, o quarto e o sétimo lugar, respectivamente.

Nas disputas da semifinal, o Brasil ainda foi representado por Felipe Gustavo (13º), Tiago Lemos (20º), Lucas Rabelo (25º), Lucas Alves (26º) e Ivan Monteiro (27º).

Confira a classificação completa das finais:

Feminino

1ª – Rayssa Leal (BRA) – 23.3 pontos

2ª – Pamela Rosa (BRA) – 22.8

3ª – Alana Smith (EUA) – 22.5

4ª – Aori Nishimura (JAP) – 22.1

5ª – Margielyn Didal (PHI) – 21.7

6ª – Leticia Bufoni (BRA) - 21

7ª – Alexis Sablone (EUA) – 16.3

8ª – Yumeka Oda (JAP) – 8.1

Masculino

1º - Yuto Horigome (JAP) – 35.7 pontos

2º - Maurio McCoy (EUA) – 34.5

3º - Vincent Milou (FRA) – 34.1

4º - Giovanni Vianna (BRA) – 32.6

5º - Carlos Ribeiro (BRA) – 29.7

6º - Sora Shirai (JAP) – 27

7º - Kelvin Hoefler (BRA) – 26.1

8º - Nyjah Huston (EUA) – 17.4

Brasil nos Jogos de Tóquio 2020

Pelos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio - três no Park Feminino, três no Park Masculino, três no Street Feminino e três no Street Masculino.

A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros ao longo das duas janelas classificatórias estabelecidas pela World Skate para a corrida olímpica. A primeira delas vai até 15 de setembro de 2019 e o segundo ciclo acontece de 16 de setembro de 2019 a 31 de maio de 2020.

Fonte: Imirante.com

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.